Orgasmo

                                               
 Orgasmo
        (Foto do livro: Pirulito e Outras Delícias)

Orgasmo é tão importante em nossa vida, que deveríamos aprender tudo sobre ele na escola. Quantos momentos felizes e infinitamente infelizes aconteceram em nossa vida por causa desse momento tão especial.
Lembro-me de um e-mail onde minha leitora relatava nunca ter alcançado o orgasmo. Amando muito o parceiro, sentia-se muito bem no relacionamento, sentia a excitação crescente que se ampliava até um momento de muito prazer, mas aí, relaxava. Era muito bom mas… Ela queria muito chegar ao orgasmo!
Seu e-mail relatava exatamente uma relação prazerosa que culminava sim com o clímax. E ela não sabia. Por quê? Simples. Ela esperava aquele orgasmo que viu na televisão, leu na revista, ouviu as amigas contarem.
E as amigas então… Essas, têm orgasmos apoteóticos! Demorados! Espetaculares! Inesquecíveis!
O orgasmo é a resposta ao estimulo durante o ato sexual. Acontece naturalmente e sua intensidade varia como todas as respostas de nosso corpo. Não são sempre iguais e nem obrigatórios em cada transa. Você pode em determinado dia, ter uma excelente relação sexual, gostosa e nem por isso chegar ao orgasmo. Ou sentir uma resposta levíssima. Normal. Plenamente normal.
A resposta ao estimulo sexual não deveria tornar-se uma obrigação nem para as mulheres e nem para os homens, sob pena de se tornarem verdadeiras vitimas de conceitos equivocados.
Quando o homem, por exemplo, entende que não é único responsável pelo prazer da mulher, se torna mais leve, confiante e feliz. A grande maioria pensa que é o único responsável pelo prazer da parceira e quando não consegue se sente frustrado. Já a mulher, se vê presa a uma grande tensão. TEM que chegar ao orgasmo ou se achará a pior das mulheres. Essa ansiedade certamente irá fazer justamente o contrário, impedindo que consiga ou apenas ficará esperando que o parceiro a leve até as núvens e quando descobre que não é assim, se frustra.
Somos responsáveis pelo nosso próprio prazer e se uma boa parceria nos trás maior satisfação, isso é ótimo, mas não quer dizer que está no outro a responsabilidade total por este resultado.
Você, Mulher, pense:
Importante mesmo é a relação, prazer é conseqüência. Não pense, não cobre e nem se cobre orgasmos. Lembre-se: a ansiedade irá agir exatamente como um bloqueio ao prazer.
Apenas namore, curtindo cada minuto desse encontro maravilhoso. Entenda que haverá dias em que não alcançará o orgasmo mas se isso acontecer é normal e não precisará se preocupar (nem julgar e condenar seu parceiro por isso).
Homem:
Apenas os mentirosos nunca falharam. Nem todo dia seu corpo responderá 100%. Isso não quer dizer que você tem um problema, é um ejaculador precoce ou está impotente! Calma e muito carinho nessa hora!
O amor a dois nunca deveria ser medido por desempenho sexual! Porque somos humanos e não reagimos como máquinas em produção em série.
E para ambos:
Exercícios pélvicos ampliam a capacidade orgástica e energética. Faça diariamente contrações. Existem exercícios tanto para mulheres, como para homens.
Em meu site vocês encontrarão informações completas sobre o treinamento e exercícios gratuitos para os dois.
E principalmente, faça tudo que estiver ao seu alcance para cultivar o companheirismo. Amantes maravilhosos são amigos inseparáveis que se conhecem profundamente. Não deixe a vergonha atrapalhar o mais importante sexo oral que conheço: Falar do que se gosta!

Regina Racco
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s