Fragilidade Masculina



Regina Racco
http://www.pompoarte.com.br/

Não existe? Não você, talvez um outro, quem sabe um primo, “aquele” cunhado, algum amigo. Homem frágil? Nunca ouvi falar… Hei isso não é coisa de mulher?

Sim, é! Mulheres são inteligentes o suficiente para saber que podem e devem externar seus sentimentos, se estão alegres sorriem se estão tristes, choram como crianças e pedem colo! Agindo assim, jogam para fora e não para dentro venenos capazes de prejudicar a saúde.

O homem não, o homem tem que ser forte e invencível…

Bem, graças a Deus este é um conceito remanescente de uma época em que se educavam os filhos homens como se fossem sobre-humanos:

“Menino não chora”, “isso não é coisa de homem”, isso já é passado mas, restam resíduos que ainda atrapalham um pouco, estão ocultos e aparecem quando menos se espera, causando dor aumentando ainda mais os problemas que desencadearam a crise.

Homem chora, fica deprimido e quer afagos sim e isso não o diminui, nem coloca em risco sua masculinidade: O homem que expõe seus sentimentos atravessa seus momentos de crise com muito mais facilidade, não raro com a ajuda de sua parceira. Tenho visto crises que poderiam ser negativas, transformarem-se em fator positivo, como uma maior aproximação em sua vida afetiva e familiar.

Mulheres são mães, seu instinto protetor fará com saiba proteger e consolar, colocar no colo e acariciar seu homem quando ele precisar, nos momentos em que estiver se sentindo fragilizado pelo excesso de trabalho e obrigações.

Confortável com esse apoio e carinho, ele sairá rapidamente de uma fase ruim, sentindo-se renovado por saber-se entendido e apoiado pela mulher amada, mas para que isso aconteça, é preciso que saiba pedir, que deixe transparecer que não está bem, que necessita de colo.

A maioria dos homens quando vivem crises assim, provocadas principalmente por cansaço excessivo, decepções profissionais, enfim, coisas normais e que não podemos fugir, pois fazem parte do dia a dia, em vez de falar o que estão sentindo, acabam por externar os velhos resíduos remanescentes da “criação masculina” e se fecham em seus mundos, deixando aflitas as pessoas que os amam e que não sabem o que realmente está acontecendo.
Assim, é comum vermos o homem partir à procura de substitutos para o seu mal estar, longe de casa e do verdadeiro apoio que poderia ter se procurasse a compreensão da pessoa amada.

Nesse momento até mesmo o sexo ou principalmente o sexo fica prejudicado. Como achar virilidade e desejo se o que se quer na verdade é descansar a cabeça em um colo macio e quem sabe chorar um pouco?

Talvez você esteja lendo essa matéria e achando graça, afinal é difícil para alguém que nunca agiu assim pensar em fazê-lo, eu realmente espero que crises não aconteçam em sua vida, mas se acontecer, tente, pelo menos mudar um pouquinho seu modo de reagir a ela, procure o apoio de sua parceira, mostre que está atravessando um momento difícil, peça carinho e tenho certeza absoluta que essa será a menor crise pela qual você terá passado: Vocês sairão dela fortalecidos e muito mais unidos. Acredite nisso.

Lembre-se, a melhor forma de proteção que temos para manter nossa saúde física e emocional é aprender a compartilhar com quem amamos nossos sentimentos e expectativas, sucessos e fracassos. Tudo que vivemos de bom ou ruim faz parte de nossa história e só depende de nós, ultrapassando obstáculos caminharmos sempre para um final feliz.

Ginástica Íntima Masculina? Homem também pode!

Anúncios