O Controle da Ejaculação é Possível!



Regina Racco
http://www.pompoarte.com.br/  

Quando comecei a desenvolver os exercícios que ensino para os homens, o objetivo era um só: Auxiliar principalmente aqueles que sofriam com a ejaculação precoce. O problema é real e comum, tanto que uma pesquisa americana nos dá um percentual bastante alto: * Segundo as estatísticas, 85% de todos os homens não podem ter relações sexuais mais de três minutos antes de ejacular, devido a um fraco e subdesenvolvido músculo PC.
Fortalecer os músculos pélvicos: Muitos livros, livretos, “manuais” se propõem a isso. No meu caso, estudei, pesquisei exaustivamente. Tenho sessenta anos e falo sem medo de errar nas contas que passei mais de dois terços de minha vida, em função destas técnicas, tanto que sou a única professora que se utiliza de método próprio para ensinar a ginástica feminina. Na masculina, não podia ser diferente. Elaborei um kit composto pelo livro A Conquista do Prazer Masculino e um DVD que mostra um aluno em treinamento e é com este material que meu aluno efetua o treinamento, me escrevendo sempre que surgem dúvidas.
Como disse, o objetivo era auxiliar o homem que me procurava, reclamando que não conseguia manter a penetração, ejaculando prematuramente. Tivemos o cuidado de manter meu trabalho bem distante do engenho de oportunistas que vendem ilusões pela internet, prometendo que através de práticas “estranhas” o aumento do pênis em XX centímetros!
Meu trabalho tem outros objetivos (reais e possíveis): O aumento do controle entre o ponto zero de excitação até a ejaculação. E esse é o objetivo da grande maioria que busca o treinamento e também o resultado que conseguem.
Mas logo nos primeiros anos do meu trabalho, fatos surpreendentes começaram a ser relatados pelos alunos. Surpreendentes, porque eu conhecia os efeitos do treinamento, mas, com homens que estavam bem distantes da nossa realidade. Como os árabes que ensinavam seus filhos desde muito jovens a técnica de auto-massagem com a intenção de fortalecer o pênis. Os relatos apontavam para algo muito maior do que tão somente ajudar a combater a ejaculação precoce. Apontava para o controle total da ejaculação. Um a um, pouco a pouco, os relatos começaram a chegar e hoje é bastante comum. Ainda não são 100% dos alunos que obtém essa conquista, mas um número muito grande.
Esse resultado magnífico é a dissociação da ejaculação e dos orgasmos. Um homem treinado é capaz de ter vários orgasmos secos (sem a necessidade de ejacular), isso faz com que consiga se relacionar por um tempo muito maior, já que é a ejaculação que interrompe o colóquio amoroso.
E esse resultado é fruto de treinamento, nada mais. E esse treinamento é composto por auto-massagens e contrações.
O praticante do que se convencionou chamar de sexo tântrico aqui no Ocidente, por exemplo, se não tiver este controle, não conseguirá um bom desempenho, e por este motivo, coloquei em meu novo livro, Pirulito e outras Delícias, uma parte inteirinha dedicada ao casal treinando unidos para este fim.
O que deve ficar, como alerta é que o desempenho sexual está intimamente ligado ao bom tônus dos músculos genitais. Fortalecer os músculos pubococígeos (pc) é mais do que somente se preparar para uma vida sexual intensa e de qualidade, é a garantia de saúde genital por longos anos.
Entre neste link e veja dicas de treinamento grátis.
Nota: A estatística que coloquei neste texto consta em dezenas de sites americanos, mas não consegui chegar até a fonte original, o percentual pode ser questionável, mas o fato apresentando (fraqueza dos músculos X ejaculação precoce) é real.
Anúncios