Posições Sexuais

imagem do livro: pirulito e Outras Delícias
Qual a melhor posição sexual?
Impossível dizer, porque essa de fato é uma questão pessoal e tem que obrigatoriamente agradar aos dois amantes. A melhor sem dúvida é aquela que proporciona maior prazer a ambos.
Algumas posições facilitam a excitação e o orgasmo feminino, outras são extremamente confortáveis para o homem que assim assegura a ereção e garante um tempo maior até a ejaculação. Posições estas que auxiliam o homem que sofre de ejaculação precoce, por exemplo. Como a postura em que a mulher se coloca por cima, tão usadas pelas minhas alunas que aprenderam e praticam a ginástica íntima. Em outras posições é o homem, que se beneficia, pelo aumento das sensações….
Para praticar novas posições amorosas assim como renovar em seu relacionamento é necessário que você aceite falar sobre isso. Busque a parceria da pessoa amada, se abra a novas experiências sem preconceito ou receio, se algo é gostoso e dá prazer aos dois, então é certo. Na vida amorosa não existe certo ou errado, entre quatro paredes, vale o que ambos aceitam e desejam e o único senão nesse caso é forçar o outro a aceitar algo que apenas dê prazer a um, portanto nunca esqueça que o ato sexual é uma troca e tem que agradar aos dois. 
Um casamento que se encontra “morno” sem motivação ganhará nova vida se ambos realmente quiserem inovar!
Comece assim mesmo, conversando sobre o assunto, Pergunte ao seu amor se deseja experimentar algo novo, escolha junto o que desejam praticar. Existem vários manuais a respeito. Em meu livro Pirulito e outras delícias, além de massagens e outros assuntos, ensino posturas especiais, ilustradas, fáceis de serem praticadas, mas mesmo sem ele é possível desenvolver as suas próprias posturas, apenas pela observação… É seu prazer e a reação do outro, que da a diretriz para a escolha das melhores posturas.  No começo, poderá parecer estranho buscar novas posições, treinar, escolher as melhores, mas acredite, entre as várias posições que vocês acabarão por descobrir estarão algumas que vão parecer terem sido criadas apenas para vocês, tal o prazer que resultará à sua prática.
Aproveite bem esse momento, decidam juntos o novo arsenal de prazer.
Para garantir o fogo da paixão use o combustível certo. Tenha sempre como prática diária, muito amor, atenção e carinho. Afinal se permitimos, o estresse do dia a dia acabará apagando de vez esse fogo, o sagrado fogo de nosso desejo.
É normal estarmos desmotivados para nossa vida íntima, tal o peso das obrigações que temos em nosso dia a dia, mas isso não deve servir como desculpa para relegarmos a segundo e terceiro planos a nossa vida amorosa e estar atento a isso garantirá a nossa felicidade. Procurar posições especiais para o amor e praticar essas posições fará com que vocês aumentem muito a libido e a cumplicidade.
Busque conhecer e escolher as posições que mais agradar aos dois.
Mas que posições são essas? Nas dicas, falo mais sobre elas, treinem e divirtam-se, vale a pena, logo vocês sentirão novamente o fogo que parecia perdido lá, no inicio do relacionamento. Não é uma excelente ideia? Aproveitem.
Regina Racco é professora de ginástica íntima, autora dos livros: O livro de Ouro do Pompoarismo, A Conquista do Prazer masculino e Pirulito e Outras Delícias, sexo para mestres na arte da sedução
1)Posturas Mestras
Posturas mestras variam de casal a casal. Afinal, ninguém é igual, portanto elas brotam de um profundo conhecimento de ambos em relação a soma prazer pessoal + prazer do outro. Parece difícil à primeira vista, mas não é: Basta mentalmente guardar sensações/reações e logo, algumas posturas começam a se revelar muito mais prazerosas que outras, mesmo sendo simples, como deitar lado a lado, por exemplo, essas são suas posturas mestras, logicamente de par com seu parceiro(a).
Exemplo: Posturas mestras tem como característica a harmonia entre os corpos. Em se tratando de posturas sexuais, umas são mais benéficas ao homem, outras a mulher e as mestras, aos dois ao mesmo tempo. São várias e o próprio casal deverá identificar entre todas as experiências as que melhor proporcionaram prazer intenso. Como exemplo, tentem esta: A mulher se posiciona sobre almofadas para que fique mais  inclinada… O parceiro se coloca a sua frente, ajudando-a com as pernas que devem ficar ainda mais elevadas. O controle é feito por ele e a intensificação através das contrações, por ela. Os movimentos darão o tom da excitação que pode ser regulada para ser sentida pelos dois ao mesmo tempo até o ápice, requer certo treino mas é possível ser executada com facilidade.
2) Posturas convencionais
Qualquer postura mais elaborada (e mostro muitas no livro Pirulito e Outras delícias) partem obrigatoriamente das convencionais. O velho papai/mamãe se torna base para variações alucinantes e prazerosas, o segredo é ampliar movimentos, baseados no aumento das sensações, portanto o desafio é este: Partindo de uma postura simples, modificá-la gradativamente, sempre acompanhando as sensações…
Exemplo:
É possível da postura papai/mamãe evoluir para movimentos sinuosos que devidamente trabalhados, aumentam a excitação ao mesmo tempo que possibilitam o controle do clímax (postergar o final potencializa o prazer)
Na postura, a mulher descerá as pernas, juntando-as enquanto o parceiro movimentará o corpo para a esquerda, começando um giro de 45 graus, ficando atravessado na cama, volte desfazendo o giro e torne a girar, agora para a direita. A atenção deve permanecer o tempo todo nas próprias sensações… Parar um pouco, diminuirá a excitação para que possam continuar brincando. Mais tarde, desta mesma postura é possível fazer o giro completo. O desafio é manter-se penetrado durante o tempo todo.
3) Posturas invertidas
Normalmente as posturas invertidas, quando baseadas nas sensações que provocam, levam um tempo maior para o pleno domínio, mas é possível brincar com essa possiblidade, não esquecendo que elas são sobremaneira importantes para auxiliar o parceiro, em seu controle (inversões são o oposto das convencionais).
Exemplo: Uma boa posição invertida e relativamente fácil pode ser feita desta forma: A mulher se posiciona por cima, sentada e voltada para os pés do parceiro. Com o corpo é possível controlar a intensidade do prazer apenas com as contraturas e inclinação do corpo. A proximidade do ponto g aumentará ainda mais as sensações prazerosas… Quanto a ele, desfrutará de uma postura que ao mesmo tempo se assemelha a uma massagem intima deliciosa.
4) Posturas que auxiliam a mulher:
São posturas onde o homem exerce maior poder de domínio. Selecione aquelas onde o controle fica a cargo do parceiro, estas são favoráveis ao prazer feminino, desde que executadas com carinho e atenção, cabe ao homem acompanhar as reações da parceira.
Exemplo: Ao contrário do que se imagina, não é a postura papai/mamãe a que mais beneficia a mulher, são as posturas com o parceiro posicionando-se por trás. Desta forma é possível alcançar a região do ponto g, que por si só garante um orgasmo poderoso. Nesta postura cabe ao homem o controle dos movimentos, auxiliando a mulher em seu conforto (abraçando-a). Lógico que ela poderá ajudar intensificando as contrações, a parceria em todas as posturas é sempre benvinda. Esta postura também serve como base para variações utilizando para isso a inclinação, sempre observando o aumento da excitação.  
5) Posturas que auxiliam o homem
São posturas onde o controle está a cargo da mulher (a mulher por cima, por exemplo). Nestas posturas é possível a parceira comandar o ato sexual, exercendo pressão suficiente para aumentar a capacidade de controle do parceiro, são excelentes para um casal, cujo homem sofra com a ejaculação precoce.

Exemplo: Semelhante ao exemplo da invertida, a mulher por cima sempre exerce um bom domínio podendo auxiliar o homem no controle da ejaculação. Posicione-se por cima, inicialmente sentada, mas aos poucos, estique as pernas e deite-se mantendo a penetração, rosto colado ao dele… Controle as pulsações e pare quando ele pedir (ele deverá avisá-la do limite da excitação, assim será possível parar as pulsações, esperar um pouco e reiniciar, ao mesmo tempo ele parará também os movimentos, contando de 10 a 1. Mas entenda que tudo tem um limite: Duas ou três interrupções são suficientes para enfim buscarem o ápice.

Anúncios