Beijaço ou frieza, o que você prefere?

1fe22-post1
Foto do livro Pirulito e Outras delícias
Regina Racco

Há quem pense que o beijo tem pouca ou nenhuma importância no aumento da libido. Parece impossível, essa afirmação? Que bom que pense assim, mas não, infelizmente é verdade. Durante toda a minha vida trabalhando com grupo de mulheres, posso garantir que essa é uma queixa nem tão esporádica assim. O parceiro era um “beijador mega blaster” imbatível, verdadeiro “beiços de ouro” antes do casamento, porque depois, simplesmente parou de beijar. Assim, do nada, descobriu que não gostava tanto assim de beijos, deixando a mulher no “como assim?” agindo como se o beijo fosse algo apenas destinado a conquista e que perdesse o sentido depois que a “presa” fora dominada…
Ainda bem que estamos falando apenas de alguns, porque homens inteligentes sabem que o beijo é uma forma eficaz de “ligar” a parceira quase que instantaneamente e não abrem mão do “recurso”, é claro.
Mas, o que é bom pode ser melhor ainda… E o simples ato de beijar pode se transformar de entrada em quase um prato principal… E aproveitamos também esse momento para nos questionarmos se estamos dando a devida atenção a essa prática que ao se tornar corriqueira sofre o sério risco de perder o encanto e o devido interesse. Sim, porque a rotina acaba por embotar nossos sentidos e mesmo sem querer, podemos suprimir hábitos que faziam o deleite enquanto namorávamos… Os abraços, os beijos, infelizmente estão neste campo de risco, podem começar a serem ignorados pela pressa e a rotina… Se o casal não se mantiver atento, poderá passar a sofrer deste mal, fazendo do amor mais uma obrigação da convivência a dois do que um ato praticado porque se faz necessário, desejado, ansiado, motivado pelo amor que sentem e consequentemente o desejo de se unirem intimamente!
Mas, como melhorarmos ainda mais o ato tão natural de beijar? Beijando, é claro.
Que tal um “intensivão do beijo”? Algo assim como uma semana comemorativa do beijo? Afinal, já existe uma única data… Só estou propondo ampliarmos. E melhor: Trazer para qualquer época do ano…  Através do beijo, entramos em contato com a alma de quem amamos. Por alguns momentos respiramos em uníssono, somos apenas um, não se esqueçam jamais disso, porque essa união especial é uma das melhores formas de alimentar a relação.
Em homenagem ao beijo vou apresentar o meu menu, especialmente para os amantes apaixonados.
O beijo pode ser muito mais. É muito mais. Podemos brincar com várias possibilidades, tendo o beijo como agente motivador. Na verdade é ele que alavanca o desejo, que põe fogo nas veias e faz o sangue ferver, não é mesmo? E sabendo disso podemos inovar, criando nossos beijos mágicos, capazes de nos levar até as nuvens. Mas enquanto você não cria os seus próprios, para servir de incentivo e dar aquele gostinho, apresentarei agora a semana do beijo. Vamos colocar em prática esse carinho tão especial?

Regina Racco é professora de ginástica íntima, autora dos livros: O livro de Ouro do Pompoarismo, A Conquista do Prazer masculino e Pirulito e Outras Delícias, sexo para mestres na arte da sedução
http://www.pompoarte.com.br 

A semana do Beijo, ligue-se nesta idéia! (Lógico que você pode começar em qualquer dia da semana).

Primeiro Dia: Beijo da brisa
Esse beijo é muito suave. Aplique-o pedindo ao seu amor que mantenha a boca fechada. Encoste os seus lábios delicadamente nos lábios de seu amor e assopre. Isso mesmo assopre muito lentamente, quase imperceptivelmente. Se bem aplicado esse carinho fará com que uma corrente elétrica, suba pela coluna de quem recebe, acendendo o desejo. Use esse beijo especial para acordar o seu amor quando estiver adormecido, não existe melhor maneira para se começar o dia.

Segundo Dia: Beijo do sabor
Para esse beijo, escolha um sabor que agrade a ambos. Pode ser chocolate, leite condensado, uma fruta especial. Mas não deixe à vista. Guarde em um local próximo e coloque na boca antes de beijar. Assim de surpresa, é uma delícia. Inove, variando os sabores, sempre tomando o devido cuidado de não usar um sabor que desagrade ao seu parceiro(a).

Terceiro Dia: Beijo vampiro
Isso mesmo. Vampiros também beijam. Beije também como se fosse um. Para isso, morda de levinho os lábios de seu amor e a seguir assopre levemente. Esse beijo pode (e deve) ser repetido na pontinha da orelha, no queixo e até mesmo próximo dos olhos, nos cantos. Cuidado para não morder muito forte, a sensação deve ser boa, não desagradável.

Quarto Dia: Beijo de bebê
O beijo sugado, como um bebê mamando. Esse é extremamente voluptuoso. Beije como se quisesse “sugar” a energia vital de seu amor e sinta ele ou ela se entregando.

Quinto Dia: Beijo da Borboleta
Como uma borboleta voando. Esse não é um e sim dezenas de beijos, aplicados rapidamente nos lábios, olhos, queixo, seios e todos os lugares que você mais gosta nela. Ou você, mulher, aplique em seu amado, comece nos lábios e desça para o peito, barriga e quantos mais recantos (secretos ou não) quiser… O mais importante nesse beijo é a rapidez sem perder a suavidade, a pessoa que recebe tem que ficar absolutamente perdida, sem saber onde receberá o próximo beijo.

E os dois beijos especiais que deixei por último, são tão especiais que você os praticará nos dois dias seguidos:

Sexto e sétimo dias: O Beijo Quente e o Beijo gelado:
Adquira em um sex shop (temos no site, caso não encontrem) dois géis labiais um gelado e outro quente. Intercale o uso. Basta passar nos lábios como se fosse um batom. Aí é só beijar os lábios de seu parceiro surpreso. Um beijo geladinho, ou um super beijo quente. Quer mais? Você pode usar os beijos especiais também em outras partes do corpo… Ah!  E você, homem, pode usar em sua parceira. Nada de constrangimentos nessa hora. Use todos os beijos, um a um e aumente assim o prazer de ambos.

Anúncios