Sexo Oral

images9G1ECYP2
Que o sexo oral é de fato uma delicia, ainda não encontrei quem discorde. Torna-se quase impossível pensar em uma relação realmente completa sem essa prática, claro se obviamente, o casal gostar (nunca conheci quem não gostasse!) hahahahahah.
O toque da língua no clitóris age como um botão, ligando imediatamente os sentidos. Estimulando rapidamente a mulher, levando-a a orgasmos intensos. E praticado no homem então… Eles amam, adoram e são alucinados pela prática!
Como preliminar é completo!
Mas exatamente como qualquer outra modalidade sexual, requer os cuidados necessários para sua prática segura. Nunca devemos esquecer que prazer é realmente mais prazer quando nos protegemos.
No contato da boca e dos órgãos genitais existe o perigo de contagio das DSTs (doenças sexualmente transmissíveis). Principalmente se na boca ou nos genitais existir algum tipo de ferimento. Nesse caso, os cuidados devem ser redobrados. Existem ferimentos tão minúsculos que quase não percebemos e são potencialmente perigosos.
Há estudos que apontam mesmo a mucosa oral sadia (sem lesões) como um campo permeável tanto a medicamentos como a microorganismos, como os vírus, por exemplo.
O ideal realmente é garantir-se praticando o sexo oral com o uso de uma camisinha de língua, facilmente encontrada em sex shops, ou (eu acho mais fácil) cobrindo a vagina com uma camada de filme PVC. O mesmo que se usa na cozinha. Esse material é extremamente fino e garante a mulher quase que total sensibilidade na região vaginal. Colocar é fácil, basta cortar um pedaço e pôr sobre a vagina, esticando os lados na direção da virilha. Por ser bastante fino, o plástico adere instantaneamente. E no homem, não faltam opções, camisinhas com sabor, com textura, ultra fina (que ele nem sente que está usando… ) enfim: Estamos no futuro quando se trata de preservativos, ficou para trás a famosa frase “transar com camisinha e igual a chupar bala com o papel”. Hoje em dia não é mesmo, até pelo contrário, algumas camisinhas com sabor acabam esquentando o pênis, ajudando a ampliar as sensações.
Nada é ruim quando se usa a imaginação e se tem boa vontade. Lógico que os cuidados que estamos falando podem ser deixado de lado pelos casais fixos que sabem poder confiar um no outro e que passaram por exames médicos. Mas para os casais que não se enquadram nessa condição, infelizmente descuidar pode ser sinônimo de muita tristeza depois. Portanto não se arrisque de forma alguma, por maior que seja a tentação.
Entenda que o melhor amante é aquele que sabendo da importância que tem, se ama primeiro e ama e protege a sua parceira.
Interessante como ao tomar esses cuidados, se tem a surpresa de que não é tão ruim assim e que não se deixa de ter prazer.
Recebo confissões bastante interessantes sobre esse assunto. A devida proteção auxilia aquelas parceiras que não gostam ou não toleram o cheiro do esperma, por exemplo, ou o homem que não gosta do contato da língua com a vagina. E nesses casos o uso do preservativo acaba por aumentar o prazer já que o praticante se sente muito mais à vontade na ação.
A necessidade de segurança faz com que os amantes se tornem mais criativos. O que nunca devemos fazer é abandonar algo que nos dá felicidade apenas porque devemos fazer “alguns ajustes”.
Prazer é mais prazer, quando nos protegemos, podem ter certeza.

Regina Racco

Sexo Oral e muito Mais
Sexo Oral e muito mais

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Tania Mariza Simsen disse:

    Obrigada por nós informar sobre os cuidados e proteção que devemos ter.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s