Vagina, cuide bem da sua!

Curso de Pompoarismo Professora Regina Racco

Kit completo de pompoarismo da Professora Regina Racco, com acompanhamento gratuito durante todo o treinamento, pelo whatsapp 21-9-97792421 Treine com a presença da própria professora! Envio sem custos postais apenas para o Brasil.

R$270,00

O verão está se aproximando e há uma corrida louca para as academias. Afinal, ficaremos desnudas a maior parte do tempo e é hora de melhorar a aparência, para tal.

Cuidamos com carinho do corpo, algumas de nós dão até importância demasiada, não aceitando que são as diferenças que nos dão a melhor marca de individualidade que temos, afinal, não nascemos em série, somos únicas e no afã de ficar perfeitas, perde-se tempo, saúde e muitas vezes a própria vida; uma lástima.

Mas, aqui o assunto é outro: O tempo em que dedicamos ao corpo, na verdade na grande maioria das vezes, não é ao corpo todo. Uma pequena parte fica esquecida: A vagina.

Pensamos nela na hora do xixi, na hora do amor ou pensamos o dia todo em caso de infecções (quando ela coça e arde).

Se estamos saudáveis, pouco ou nenhum tempo dedicamos a ela e isso é ruim, muito ruim.

Por causa disso, acontecem desde as infecções até a perda do tônus muscular, de nada nos vale ter uma aparência de trinta anos e uma vagina de sessenta e ao deixa-la descuidada, é isso que acontece, ela envelhece e se torna insensível, “jogada às traças”, depois não adianta reclamar que não tem prazer no sexo, se você não cuida bem da sua “amiga” não tem porquê ela se importar com você… É o toma lá, dá cá, (lei da causa e efeito)… Mas a boa nova é que se cuidarmos como se deve, a nossa amiguinha de todas as horas se manterá saudável por muitos e muitos anos, o tempo em que vivermos, e nem é tão difícil assim, um pouco de atenção e carinho fará toda a diferença, afinal, é ela quem nos proporciona os melhores momentos do encontro amoroso, ou você discorda?

Então? Vamos aprender como transformá-la em super?, Veja nas dicas a seguir.

Regina Racco é professora de ginástica íntima, autora dos livros: O livro de Ouro do Pompoarismo, A Conquista do Prazer masculino e Pirulito e Outras Delícias, sexo para mestres na arte da sedução

http://www.pompoarte.com.br

 

Cuidados essenciais para uma vagina saudável

  • A roupa:

Calcinhas devem ser trocadas a cada vinte e quatro horas (no mínimo), não devem ser confeccionadas em material sintético porque “ela” precisa respirar ou proliferará bactérias em profusão. É importante também fazer o teste do nariz: De vez em quando ao pegar uma peça na gaveta, cheire, se mesmo limpa mantem algum tipo de cheiro, duas coisas podem estar acontecendo: Não foi bem lavada (lave de novo) ou, a persistir o cheiro, o tecido está contaminado, jogue imediatamente fora e compre outra.

 

Médico:

  • Mantenha os exames regulares em dia, o melhor amigo da nossa vagina não é o marido e sim o médico. O controle nos mantém afastadas dos nossos piores pesadelos (infecções e outro problemas).

 

  • O cheiro
    Todas nós temos cheiro, é a nossa marca e os cheiros não são iguais em duas mulheres. Isso é normal e um poderoso afrodisíaco. O olfato é dos cinco sentidos, o mais atuante quando se trata de tesão, seguido de perto pela visão… Por isso, pessoalmente não gosto dos sabonetes íntimos com perfume, acho que eles inibem esse nosso grande poder de atração. Mas, o nosso cheiro normal é aquele odor que fica (persiste) após nosso banho. Se há cheiro muito forte e desagradável, seguido de coceira é necessário procurar o médico. O mesmo acontece com os corrimentos. Todas temos e é normal, desde que não tenha cheiro nem seja acompanhado de dores ou coceira.

 

  • Absorventes
    Há no mercado grande variedade. Interno, externo, e vem em todos os tamanhos. Os internos nos dão conforto, é possível ir à praia ou piscina, nadar sem susto, dançar sem susto, quando os usamos. Seu fluxo (intensidade) ditará o tempo em que você fará as trocas. Os externos são mais limitados, mantém aquela sensação de algo escorrendo, mas a escolha é pessoal. Também é possível através de alguns recursos (consulte seu médico) deixar de menstruar. Como a ovulação tem estreita ligação com a procriação, se sua intenção não é ter filhos, deixar de menstruar pode ser a solução mais confortável.

 

  • Relações sexuais menstruada:
    É possível se relacionar naturalmente durante a menstruação, há inclusive, homens que gostam dessa prática, ao contrário do que se pensava, as mulheres se sentem mais excitadas durante este período e os orgasmos poderão acontecer de forma intensa. Não causa nenhum tipo de mal e como bônus, não há porque se preocupar com uma possível gravidez, neste período.

 

  • Virgindade
    Graças a Deus estamos vivendo novos tempos, mas como em alguns lugares (por força de religiões e tradições) ainda se dá demasiada importância ao hímen, é bom que se deixe claro que o sangramento na primeira relação não acontece para todas, muitas passam pela primeira penetração sem que haja sangramento, é o hímen complacente, que apenas cede, permitindo que o ato se consuma, sem rompimento. Isso é mais comum do que se pensava antigamente e imagino quantas mulheres foram penalizadas por isso em seu tempo…

 

  • Fortalecimento:
    Faça contrações diariamente, use acessórios se desejar, mas trate sua vagina exatamente como o resto do corpo no que se refere à musculação. Para ela existem “halteres” e ginástica apropriadas, informe-se. O fortalecimento dos músculos da região genital garantirá a saúde, a manutenção do tônus e a diminuição de vários problemas de saúde íntima, além de aumentar a libido e facilitar os orgasmos. Trata-se de saúde e excelência no campo sexual, que beneficiará o casal, sem esquecer que é a ginástica íntima a melhor preparação para o parto e pós parto.

 

  • Partos
    Muitas mulheres pensam (erroneamente) que partos normais “detonam” a vagina e que a mulher se acaba após ter filhos. Nada disso: Somos perfeitas criações divinas, após o parto, nosso corpo volta gradativamente ao normal. Nosso canal vaginal é perfeitamente capaz de se expandir para a passagem do bebê e retornar ao normal. Para ajudar neste capacidade, faça o treinamento que falei na dica anterior.

 

  • Clitóris
    O clitóris é considerado o nosso “órgão do prazer”, de fato, mesmo o orgasmo sendo originado de outros pontos internos no canal, não dá para não entender que o clitóris está envolvido no processo, já que sua maior parte se encontra interna. Esta parte externa, como um pequeno botãozinho, quando tocado promove uma intensa sensação de prazer, também, pudera, já que possui mais terminações nervosas do que qualquer outra parte do nosso corpo. Oito mil terminações. Portanto, darmos a devida atenção ao clitóris, aprendermos a tocá-lo (para posteriormente ensinar ao parceiro) é fundamental, quando queremos tirar todo o proveito deste ponto mágico de nosso corpo.

 

  • Pós menopausa
    Redobrar os cuidados após o término de nosso ciclo menstrual é a maneira correta de mantermos longe eventuais problemas. Um deles, quando instalado, impossibilita a relação sexual, trata-se do ressecamento vaginal, que sensibiliza o canal, tornando-o frágil e dolorido ao menor atrito. Existe solução para isso, vivemos um ótimo tempo onde pomadas e aplicações transdérmicas nos garante o aporte hormonal necessário. E há também soluções paralelas que auxiliam no processo, seja através da alimentação pelo consumo diário de inhame, por exemplo (fito hormônio natural) ou as contrações diárias (ginástica), garantindo lubrificação, que mesmo pouca, protegerá o canal, facilitando a vida sexual. Conte também com os lubrificantes, para este fim, só não abandone sua vida sexual porque é ela que garantirá a sua juventude por muito mais tempo.

 

 

Anúncios