Acabou? Aceite e saia mais forte!

Deveras difícil deixar de lado planos tão desejados. É assim que se sente quem passa por um divorcio ou termino de namoro. Afinal, havia todo um planejamento de futuro e repentinamente, você viu seu mundo ruir.

Meu conselho para quem passa por essa situação é que deixe a poeira assentar, recolha-se, junte seus caquinhos para somente depois, pensar em reconstruir a sua vida amorosa.

Evite alguns erros que se comentem neste período, como sofrer mais do que deve, claro que se sente um termino de relação, mas deixar que essa tristeza se transforme em depressão vai aí um estirão.

Outro sentimento que se deve combater é o ódio por quem terminou. Os jornais estão cheios de tragédias envolvendo a falta de aceitação do fim da relação e certamente você não quer estar no meio de algo assim. Uma das maneiras de se proteger é aceitar de imediato, afinal, se a pessoa quer ir embora, com certeza , ficar não é uma opção, o amor acabou e para que você iria querer alguém que não a (o) ama mais ao seu lado?

Deixe que se vá (vai tarde), como diria minha debochada avó, não quer? Tem quem queira, falaria minha secretária Maria…

Quando falo em um tempo de reclusão (pouco, não muito), estou me referindo aquele tal “luto”, necessário para purgar toda a amargura deste período, mas tem que ser breve porque a vida é muito bonita para se perder tempo com “mau defunto”.

Logo, seu coração estará limpo e pronto para abrigar um novo amor, enquanto isso, pratique aquele outro amor que é tão necessário, mas que a maioria esquece: O amor próprio. Perceber a pessoa especial e interessante que você é, gostar de estar em sua companhia, curtir mesmo, esse tempo em que estiver sozinha (a) antes que a roda da vida gire e traga boas novidades.

Regina Racco

Dicas da Matéria:

  1. Esqueça
    É difícil? Sim, mas não impossível. Ao sentir que está desabando frente ao sofrimento, tente pensar no que o futuro lhe reserva, não há mal que sempre dure.
  1. Expurgue-se
    Aproveite para curtir a sua própria companhia, afinal amar-se é o primeiro passo para aprender a amar ao outro corretamente.
  1. Na pista
    Está pronto ou pronta? Caia na pista que não falta corações desejosos de companhia. Vai que o grande amor está bem ali na esquina?
  1. Novo é novo
    Não julgue quem chega, não compare com a anterior, tampouco desconfie de que fará a mesma coisa. Dê uma chance para que este novo amor floresça.
Anúncios